Translate

quarta-feira, março 16, 2011

Não comeces com essas coisas!



Cliquem aqui para verem o belo fail da RTP, que confundiu a prática desportiva do golfe com o modelo Golf da Volkswagen.

Já agora, para quem não sabe, o governo deverá reduzir o IVA no golfe dos atuais 23% para 6%. Boas medidas de austeridade, já que este desporto é praticado pelas elites mais pobres.

Muito bem, muito bem!!!

4 comentários:

Piston disse...

Correcção: não é uma questão de descer. Apenas não vai aumentar o que se encontra em vigor. A justificação é mais ou menos aceitável. As repercussões a nível do turismo não se fariam sentir só no golf.

Marçal disse...

Sim, mas repara, nesse caso por exemplo, o país não sobrevive se as empresas transportadoras andarem em greve e os seus argumentos são plausíveis. O preço dos combustíveis acarretam custos elevados e isso implica aumentarem o preço de todos os bens. Os principais prejudicados somos nós, consumidores. Se o governo não atende às medidas de outros setores, porque há-de atender aos praticantes de golfe, mesmo atendendo que o turismo é o principal beneficiado com esta medida? Além disso, não me parece que o aumento do IVA para 23% faça com que Portugal deixe de ser um país com menos praticantes estrangeiros desta modalidade. Somos low cost em todos os aspectos.

Piston disse...

Por isso escrevi que é mais ou menos aceitável.

xmenesesx disse...

Tenho que discordar com o piston, porque se formos bem a ver, o "turismo" que eles falam são os directores de empresas Portuguesas.
Porque o verdadeiro turismo, aqueles fat cats holandeses e britânicos, tão-se a cagar se pagam 350 ou 380 euros por uma voltinha no green

já agora, vou começar a comer sandes de bola-de-golfe com queijo, que é mais barato.

(portanto só discordo com a parte do mais ou menos, diria só menos ou menos, ou segura as nalgas bem abertas q pode arranhar um pouco , passo a expressão.