Translate

segunda-feira, julho 24, 2006

Portugal vs França

Ainda com uma ligeira azia depois daquela derrota pouco convincente da França frente a Portugal no campeonato do Mundo, eis algumas ideias que provam que nós, Tugas, somos muito melhor que os panascas dos franceses.

O café em Portugal custa à volta de 50 cêntimos e é bom, na
França custa entre 1 euro e 1 euro e meio e é uma merda.

Quando falamos em português não fazemos boca de broche.

A Torre Vasco da Gama pode ser mais pequenina mas ao menos não
enferruja. A Torre Eiffel não tarda nada tá toda comida.

Lisboa nunca perdeu uma candidatura aos Jogos Olímpicos. Paris
ainda recupera da azia por terem perdido a organização do JO de
2012 para
Londres.

Portugal não precisou de ajuda para espancar os espanhóis sem
dó nem piedade; quando os alemães invadiram a França os franceses
nem piaram e
precisaram de ajuda dos ingleses e dos americanos.

O nosso treinador é um homem a sério, com bigode e tudo. O
Domenech tem um ar de bicha que não pode mais.

O Zidane tem cara de cu e o Figo não.

O Henry parece uma menina e é titular. O Nuno Gomes parece uma
menina mas tá no banco.

Pasteis de Belém são muito melhores que croissants.

Em Lisboa não se queimam carros à noite.

Super Bock é muito melhor que Kronenburg. Ainda por cima, a
Kronenburg é fabricada em Estrasburgo, na Alsácia, uma região que
parece mais alemã
que francesa.

Experimentem mandar um UMM contra um Renault, Peugeot ou
Citröen e logo vêm quem manda!
O metro de Paris é velho, feio e cheira mal.

Os franceses são tão asseados que foi preciso inventar os
perfumes

A ideia que aqueles gajos têm de uma revolução é andar por aí
a cortar cabeças ao pessoal. Nós fazemos as coisas civilizadamente e quase não há tiros. Mas também, não admira de um país que aboliu a pena de morte em 1981.

Nós não andamos por aí a rebentar bombas nucleares na casa dos
outros. A França fez carradas de testes em Mururoa e quando ficou
satisfeita propôs um acordo para banir os testes nucleares.

Paté sabe a merda.

O Roquefort cheira pior que os pés de um maratonista depois de
correr.

O Roquefort cheira pior que os pés do Zidane, que de certeza cheira mal dos pés.

Champagne é bebida de rotos. Homem a sério bebe cerveja.


2 comentários:

luciana disse...

mas deixa eu te dizer que essa copa do mundo foi toda comprada e que não vejo possibilidade de um time que só tinha 3 jgadores em camo, que é o caso da frança, ganhá-la.
do resto não posso falar pois não conheço nem frança, nem portugal.
mas a propósito do técnico, bom, o que mais tu poderia esperar de luis felipe scolari? ele é gaúcho dos quatro costados, tchê!
e muito me orgulha esse conterrâneo. saiba que, no fim, todos nós aqui no rio grande do sul, garrão do brasil, estávamos torcendo por portugal.

Marçal disse...

Num campeonato do mundo estranho, só mesmo a selecção italiana para ganhar da forma como ganhou. Mesmo assim, Portugal esteve em grande...até 2010